Entenda a realidade na Emgepron.

Entenda a realidade na Emgepron.
Observem: Nesse Blog não há intenção de denegrir ninguém. A ideia é tornar pública as injustiças e estimular a luta por justiça. As referências feitas a pessoas são meramente por situações ocasionais e contextuais que ajudam ou, muitas das vezes, dificultam essa tão sonhada justiça, situações típicas de "ligar o milagre ao santo" que o praticou. O Blog se destina a crônicas, opiniões, desabafos e comemorações sobre a vitória dos Trabalhadores sobre a Injustiça.

DOCUMENTO PUBLICADO EM 23 DE AGOSTO DE 2014.

DOCUMENTO PUBLICADO EM 23 DE AGOSTO DE 2014.
DOCUMENTO DO 1° DN À PROCURADORA ISABELA TERZI DO MPT/ADMINISTRAÇÃO DA ESTATAL CONTRATOU O ADVOGADO DE 1 MILHÃO QUINHENTOS E QUARENTA E OITO MIL REAIS PARA ANULAR A SENTENÇA TRANSITADA EM JULGADO.

quarta-feira, 29 de abril de 2015

Covardia... Injustiça... Comando da Marinha, Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão e Ministério da Defesa.

    Na Assembleia Geral, no último dia 20, recusamos a Proposta de 0 (zero) por cento de reajustes salariais no Acordo Coletivo.

 Vejam vídeo de Assembleia Geral, em 2009, na Sede do Sindicato das Costureiras "Autônomos".
 
   Votamos certo em recusar um ACT (acordo coletivo de trabalho) tendo 0% nas Cláusulas Econômicas... Trata-se de uma Proposta indecente, mesmo vindo do DEST/MPOG (como foi informado pelo Wallace).

   Mas, isso não era questão de votar "sim" ou "não", em Assembleia Geral. É a obrigação do Sindimetal Rio se perguntar se o DEST/MPOG pensa nos Empregados da Estatal Federal Emgepron

segunda-feira, 27 de abril de 2015

quinta-feira, 16 de abril de 2015

A ausência da maioria pode fazer com que os presentes decidam algo importante que pode prejudicar.

"Emgepron entrou com pedido de embargo de sentença que reconhece os direitos dos trabalhadores desta empresa com metalúrgicos do Setor Naval. Porém, o Tribunal Regional do Trabalho, através da Desembargadora Sayonara Grillo Coutinho Leonardo da Silva, rejeitou o pedido".
   

   Essa afirmação, acima,  no SITE do Sindimetal Rio (clique), se refere ao Pedido de Tutela

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Segundo o SINDIMETAL Rio, A Administração da Estatal se predispõe a fazer Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), mas sem discutir Piso Salarial.

   Maurício Ramos entrou em contato comigo informando que a  Administração da Estatal, segundo informação passada por ele, se recusa a discutir salários.

   A Proposta da Estatal, para o  SINDIMETAL Rio,  é  fazer um Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), mas sem ter que  abordar questão salarial.

domingo, 12 de abril de 2015

ACORDO COLETIVO DE TRABALHO (ACT) ENTRE ADMINISTRAÇÃO DA ESTATAL, SINDIMETAL RIO E SINTEC RIO.

   Segundo Maurício Ramos, Vice-Presidente do Sindimetal Rio, a Estatal marcou Reunião, a princípio, para discutir Pautas de um provável Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), para o dia 14/04,

terça-feira, 7 de abril de 2015

Maurício Ramos informou que a Estatal cancelou a Reunião para discutir Pauta do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT).

   Liguei para o Maurício Ramos, Vice-Presidente do Sindimetal Rio, para saber se a vinda do Pessoal do Sindimetal Rio à Sede da Estatal para negociação da Pauta do ACT estava ou não confirmada.

sexta-feira, 3 de abril de 2015

A Marinha do Brasil desfruta da Mão de Obra dos Empregados da Estatal contratada em Concurso Público.

Assim como no vídeo, abaixo, as informações do porquê a Estatal não poder reajustar os pisos salariais, a começar pelo justo, parecem lógicas, mas não têm bases para serem creditadas.

video

   Na reunião que eu e outros três trabalhadores tivemos com o Almirante Mário, ele deixou claro como funciona a  relação AMRJ e folha de pagamento dos Empregados da Estatal. Não é diferente da situação do vídeo acima, pois, se focarmos somente na carta que o vídeo pede para ser tirada, nossa mente sempre achará que há algo mágico, místico, esotérico, como se quer passar pelo vídeo. "Só que tudo é um grande truque".